(61) 3963-6306
(61) 3964-5985
Área Restrita Condômino Síndico

BLOG

Home > administração condominios > O morador deve ter acesso a movimentaçã…

O morador deve ter acesso a movimentação financeira do condomínio?

12 de Abril de 2019
Nenhum comentário

Em todo condomínio há um livro ou caderno- balancete. Essa denominação nada mais é que um documento, onde fica registrado todas as movimentações financeiras do condomínio. Neste documento estão extratos da conta bancária, os pagamentos salariais, notas e cupons fiscais, além de todos os comprovantes de recolhimento de impostos como FGTS, INSS, PIS, COFINS, ISS e etc. Muitos síndicos anexam também junto às notas os orçamentos das compras, obras e serviços realizados no mês.

A maioria dos condomínios tem uma assessoria condominial ou administradora que organiza todos os comprovantes e elabora os balancetes, que também são feitos por alguns escritórios de contabilidade, mas muita gente desconhece que, por lei, a posse e a conservação desses documentos é de responsabilidade do síndico.

Já o morador, tem o direito e deve acompanhar as contas do condomínio, mas quando se trata do livro-balancete, não deve ser entregue ao condômino para retirada. A precaução é para evitar que se perca um documento ou até mesmo que se sofra qualquer tipo de rasura. Se o condomínio possui algum local apropriado, como um salão de festas, por exemplo, o síndico, subsíndico ou algum integrante do conselho pode, em acordo com o morador, acertar um dia e horário para disponibilizar esses documentos para o condômino consultar, mas sempre na presença de um representante da administração ou assessoria.

A orientação adequada é que o ideal seja enviar os balancetes solicitados pelo morador para a administradora ou assessoria do condomínio, que é o local apropriado, onde profissionais capacitados que poderão tirar as dúvidas durante a leitura dos documentos. Para deixar a administração o mais transparente possível, além de enviar a prestação de contas mensalmente junto ao boleto da taxa condominial, alguns síndicos disponibilizam nos murais dos edifícios uma relação de todos os gastos do mês. Desta forma não há ruídos na comunicação e ambas partes saem informadas.

Todos esses detalhes mostram que a administração de um condomínio, tanto por parte do síndico, subsíndico e do conselho fiscal é de extrema responsabilidade, que vai desde guardar todos os documentos mensalmente para a confecção da prestação de contas, até a análise detalhada das contas e gastos. E para essa administração ser a melhor possível é muito importante um envolvimento entre todos os integrantes da administração, que precisam pelo menos de uma reunião por mês para acertarem todos os detalhes do bom funcionamento do condomínio.

Fonte: http://www.condominiosc.com.br/jornal-dos-condominios/ponto-de-vista/2851-o-morador-pode-ver-o-livro-balancete-do-condominio

Sobre o Autor:

pontualassessoriacontabil

Comentários:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe seu comentário:

Mensagem:
Nome:
Email:

*